Acessar Webmail  

NOTÍCIAS

ATA DA 42ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO PODER LEGISLATIVO DE HERVEIRA ANO 2023

Publicado em 28/11/2023, Por Poder Legislativo

ATA DA 42ª REUNIÃO ORDINÁRIA, DA 3ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 7ª LEGISLATURA DO PODER LEGISLATIVO DE HERVEIRAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, REALIZADA DIA 20 DE NOVEMBRO DE 2023 NAS DEPENDÊNCIAS DA CÂMARA: O Senhor Presidente, Vereador Valdir Palhano de Siqueira saudou os colegas vereadores, vereadoras, Assessor Jurídico, servidores da casa, saudou a presença da diretora da escola Mauricio Cardoso juntamente com as demais professoras onde fariam a apresentação de mais um projeto daquele educandário. Saudou a presença do seu Armindo, a esposa do Arceno de Bastos, e os alunos acompanhando as professoras da Mauricio Cardoso. Disse que era uma grande satisfação quando eles vinham fazer apresentação de trabalhos que eram realizados na escola.  I - VERIFICAÇÃO DO QUÓRUM: Registrou a presença dos seguintes vereadores: Ana Francieli Rodrigues dos Santos, Antonio Gildasio Corte Vieira, Antonio Miguel Nunes de Moraes, Arceno de Bastos, Camila Maiara Bringmann, Darci de Bastos, Paulo Roberto da Costa e Valdir Palhano de Siqueira, ausente o Vereador João Alcemiro Claas que estava em viagem a Brasília juntamente com o Prefeito Municipal. II - VOTAÇÃO DA ATA: O Senhor Presidente colocou em discussão a ata da 41ª Reunião Ordinária de 2023 realizada no dia 13 de novembro de 2023. Como não houve discussão foi posta em votação e aprovada por unanimidade entre os vereadores presentes. III - EXPEDIENTES: 1 - Edital de Notificação. Autoria: Poder Executivo. Assunto: Notificação de Recurso. 2 - Ofício nº 035/E/2023. Autoria: Poder Executivo. Assunto: Encaminha Projeto de Lei nº 055/E/23. 3 - Convite. Autoria: EFASOL. Assunto: Convite de formatura EFASOL 2023. 4 - Ofício Interno nº 32/L/2023. Autoria: Mesa Diretora. Assunto: Encaminhamento de Projeto de Decreto nº 01/2023. 5 - Ofício Interno nº 33/L/2023. Autoria: Vereadora Ana Francieli Rodrigues dos Santos. Assunto: Encaminhamento de Pedido de Indicação. 6 - Ofício Interno nº 34/L/2023. Autoria: Vereadora Camila Maiara Bringmann. Assunto: Encaminhamento de Pedido de Indicação. 7 - Ofício Interno nº 35/L/2023. Autoria: Vereador Valdir Palhano de Siqueira. Assunto: Encaminhamento de Pedido de Indicação. 8 - Ofício Interno nº 36/L/2023. Autoria: Vereador Antonio Gildasio Corte Vieira. Assunto: Encaminha de Moção de Pesar. 9 - Ofício Interno nº 37/L/2023. Autoria: Todos os vereadores. Assunto: Encaminha Projeto de Resolução nº 04/2023. IV - ESPAÇO DA TRIBUNA POPULAR: Professora Elisete Groff: Desejou um boa noite a todos, saudou o Presidente da Câmara e em nome dele os demais vereadores, o Assessor Jurídico e os demais funcionários da casa. Saudou também a direção da escola Mauricio Cardoso e em nome dela os estudantes e familiares que se despuseram mais uma vez de estarem ali, e aos demais que lhes assistiam em casa. Parabenizou o Poder Legislativo de Herveiras por esta iniciativa de aproximar o legislativo do trabalho pedagógico desenvolvido na escola Mauricio Cardoso.  Ressaltou que fez esta referência, pois eram os primeiros a fazer esta aproximação com a escola, tornando claro que para o município de Herveiras a educação dos jovens e crianças era muito importante. Comentou que muitos projetos nem foram colocados em destaque, mas alguns com a sua seriedade na aprendizagem e muitas vezes por insistência dos alunos iam se repetindo ano após ano que era o caso da OBMEP e do xadrez. Ressalvou que a questão do xadrez que grandes proporções e até foi matéria do Jornal Gazeta do Sul no dia 1º de junho com uma ação pedagógica. Elisangela de Andrade: Desejou uma boa noite a todos, reiterou as saudações feitas pela sua colega. Disse ser muito gratificante ter este espaço com a oportunidade de apresentar um pouco mais dos trabalhos na escola. Disse que trabalhava com os alunos de séries finais, artes e ensino religioso, ministrava oficina de artesanato com o segundo e terceiro ano em período integral e também atendia os estudantes da educação especial da rede municipal de Herveiras. Agradeceu a oportunidade recebida para apresentar o projeto a arte de transformar. Convidou os estudantes Cléber e Taismara para apresentar e explicar estes projetos. Aluno Cleber: Desejou uma boa noite aos vereadores e vereadoras. Ressaltou que era com muita alegria e honra que estava ali ocupando este espaço da Tribuna Popular para apresentar o projeto contribuições do jogo de xadrez no ensino e aprendizagem na Matemática.  Disse que o xadrez era um jogo de caráter competitivo e recreativo cujo objetivo principal era dar o xeque mate. Comentou que era jogado em um tabuleiro de 64 casas utilizando peças pretas e brancas sendo um jogo muito antigo. Falou que o xadrez era trabalhado em sala de aula sempre na última aula de matemática do mês com a professora Elizete sendo uma extensão do clube do xadrez que atualmente estava desativado, pois não existia nenhum professor disponível para lhes auxiliar no turno inverso. Salientou que os objetivos pelo qual o xadrez era trabalhado na sua escola era para conhecer sua história, a importância dele no ensino e aprendizagem da matemática, conhecer as peças, o tabuleiro, aprender a jogar, a ensinar outras pessoas, desenvolver atitudes básicas que eram muito importantes para os estudantes quanto ao raciocínio lógico, o pensamento e o respeito. Falou que este jogo desenvolvia muito o respeito entre os estudantes e auxiliava muito no ensino e aprendizagem, principalmente da matemática que atualmente usava o xadrez como uma recompensa pelo esforço deles durante o mês, portanto jogavam xadrez visando trazer mais este conhecimento e experiência. Mostrou algumas fotos dos alunos praticando dentro de sala de aula e ensinando os colegas, que era algo importante, pois desenvolviam o seu ser pedagógico ao ensinarem os colegas também a praticarem. Disse que não adiantava guardarem o seu conhecimento apenas para eles mesmos por isso era muito importante na sua escola este projeto que ensinava o xadrez aos demais e atualmente se via a diferença que o xadrez faz nas nossas vidas quanto estudante.  Comentou que o xadrez podia aumentar o QI, prevenir a doença de Alzheimer entre outras doenças e principalmente para pessoas idosas, exercitava ambos os lados do cérebro. Acrescentou que aumentava a criatividade, algo muito importante, não somente em matemática, mas tornou-se algo multidisciplinar, desenvolvendo durante as outras disciplinas algo voltado ao xadrez, aumentava as habilidades de resolução de problemas não somente em matemática, mas de resolver um conflito na escola ou na comunidade. Ressalvou que melhorava as habilidades de leitura, algo que também influenciava muito na disciplina de português. Salientou que o xadrez trazia esta visão do jogo para planejar as suas ações não somente com o jogador de xadrez, mas também como pessoa por que se não planejarem as suas ações não teriam sucesso. Falou que foi a professora Elisete que havia levado o xadrez para a escola na sua disciplina de matemática, que anteriormente não tinha na escola este projeto tão importante. Explanou que com a necessidade de tornar este projeto oficial foi criado o clube de xadrez, mas infelizmente estava desativado devido à falta de professores, o principal objetivo atualmente era levar o xadrez para outras pessoas e mostrar o quão importante era este projeto. Aluna Taismara: Desejou uma boa noite a todos. Falou um pouco sobre as imagens que estava mostrando do envolvimento dos alunos com o projeto de xadrez na escola. Ressalvou que sem dúvidas o xadrez era uma prática que podia e deveria ser aplicada em sala de aula, pois ele só tinha a acrescentar na vida dos estudantes. Falou que levar o xadrez mostrava sua importância, era inovar e fazer diferente, ele não era somente um esporte, mas também uma arte, uma ciência. Aluno Cleber: Mencionou que o Projeto de Artes era ministrado pela professora Elisangela tinha como principal objetivo a defesa ambiental como forma de expressão artística, a pintura de variados materiais, o artesanato e a releitura de obras artísticas, que era algo muito importante principalmente quando estudavam a arte que lhes trouxe até o que tinham nos dias atuais por que a arte era história. Mencionou que o território definido era sem dúvidas o ambiente e toda a comunidade escolar, pois neste dia estavam ali mais uma vez mostrando um projeto de nossa escola aos vereadores e vereadoras. Ressalvou que a expedição investigativa trazia a ideia de que deveriam dar novos destinos a materiais que iriam ao lixo. Ressaltou que era algo que sempre dizia, que era levar o lixo ao luxo. Comentou que eram realizadas rodas de conversas dentro da escola para que pudessem ver qual seria o melhor destino que poderiam dar aquele material e saber o que era preciso diminuir dentro do nosso meio ambiente que era o lixo principalmente. Salientou que a comunidade de aprendizagem que eram os alunos do 6º, 7º, 8º e 9º na escola no turno integral que era um projeto da sua escola que visava com que não tivessem somente disciplinas curriculares, mas também tantas outras atividades que traziam este aprendizado único para eles. Relatou que a culminância deste projeto acontecia conforme a necessidade de realização por exemplo da noite da família que foi a decoração também foi feita reutilizando materiais, assim como na festa junina também feita reutilizando materiais. Comentou que muitas vezes podia parecer que queriam apenas reutilizar, mas esta era uma forma de que às vezes não tinham material necessário para realizar um projeto recorriam então aos materiais recicláveis como uma forma de mudar a perspectiva que aquilo não poderia ser arte. Falou que a avaliação se dava a partir do reaproveitamento de materiais de sucata e a diminuição de gastos com materiais novos. Falou que os objetivos eram realizar ações de preservação contribuindo no espaço que viviam e principalmente dar um novo destino ao lixo. O aluno falou sobre algumas imagens que apresentaram. Falou que o reutilizar era trazer esta alegria aos alunos por meio de algo que eles não sabiam que existia. Comentou que está magia e diversão por trás. Comentou que tinham também a reutilização de palhas de milho, projeto este realizado pela sua turma do 9º ano, reutilizaram MDF retirados de armários e molduras menores, capas de livro. Ressaltou que um destes quadros realizados pelos alunos seria destinado a uma professora da UNISC que ministrava aulas na sua escola, um curso dos povos indígenas, sendo assim, a arte deles e os projetos eram levados para fora do município para que pudessem ver mais uma vez tudo aquilo que realizavam. Falou que tinha a reutilização das formas de batata frita da festa junina que tiveram um novo destino sendo que foram feitas floreiras reutilizando o que havia vindo dos notebooks. Ressalvou que também trabalhavam bastante com o papelão que era algo acessível e tinha um grande descarte, confecção de tabuleiros, pois se eles não produzissem teriam que ser comprados.  Agradeceu e encerrou sua manifestação. Vereador Valdir Palhano de Siqueira: Agradeceu a presença das professoras juntamente com a Diretora da escola, esses alunos brilhantes, o Cléber que a cada sessão lhes surpreendia, a aluna Taismara também, estavam de parabéns, uma ótima apresentação.  Disse que eles quanto vereadores ficavam surpresos com o trabalho que muitas vezes não conheciam os trabalhos que se realizavam na escola e era gratificante a presença deles. Agradeceu mais uma vez e disse que esperavam que no próximo ano pudessem retornar e apresentar os trabalhos que era realizado neste educandário. V - PAUTA: 1 - Projeto de Lei nº 053/E/23: Assunto: Altera as disposições do art. 2º da Lei Municipal nº 578/2007 e dá outras providências. Tramitação: 5ª Reunião. 2 - Projeto de Emenda à Lei Orgânica do Município de Herveiras nº 01/L/23:  Altera, acrescenta e revoga dispositivos da Lei Orgânica do Município de Herveiras, nos termos que seguem. Tramitação: 3ª Reunião. 3 - Projeto de Lei nº 055/E/23: Assunto: Estima a receita e fixa a despesa do Município para o exercício econômico e financeiro de 2024 e dá outras providências. Tramitação: 1ª Reunião. 4 - Projeto de Decreto 01/2023: Assunto: “Aprova a prestação de contas, referente à Gestão do Poder Executivo Municipal, no Exercício de 2021”. Tramitação: 1ª Reunião. 5 -  PEDIDO DE INDICAÇÃO: Assunto: Possibilidade de conceder vale-alimentação também para os professores concursados 20 horas que tenham também convocação de 20 horas.  Tramitação: 1ª Reunião. 6 -  PEDIDO DE INDICAÇÃO: Assunto: Possibilidade de instalar redutores de velocidade no centro e interior do Município.   Tramitação: 1ª Reunião. 7 -  PEDIDO DE INDICAÇÃO: Assunto: Possibilidade de elaborar e encaminhar ao Legislativo Municipal proposta de concessão aos servidores públicos municipais benefício conhecido como “Vale-Feira”.  Tramitação: 1ª Reunião. 8 -  MOÇÃO DE PESAR: Assunto: Moção de Pesar em memória de João Merci Wesenick.  Tramitação: 1ª Reunião. 9 -  PROJETO DE RESOLUÇÃO nº 04/2023: Assunto: Dispõe sobre o Regimento Interno da Câmara Municipal de Herveiras, Estado do Rio Grande do Sul.  Tramitação: 1ª Reunião. VI - DISCUSSÃO DA PAUTA: Ana Francieli Rodrigues dos Santos: Saudou o senhor Presidente em nome dele os demais colegas vereadores e Vereadora Camila, Assessor Jurídico, aos servidores da casa, de forma especial as professoras da Mauricio Cardoso aos alunos e a demais população que fossem todos bem vindos.  Manifestou-se sobre o seu pedido de indicação em relação ao vale alimentação dos professores que estavam com convocação aqui no município. Disse que foi procurada por outros professores, mas primeiramente precisava saber se eles ganhavam, mas não recebiam. Ressalvou que acha nada mais que justo, pois estavam trabalhando 40 horas e tendo em vista que os processos seletivos o município ganhavam de forma integral, se fizer o processo seletivo de 20 iria ganhar o turno integral e estes professores estavam em trabalho pelo município. Acrescentou que valorizar estes profissionais que iriam ficar ali depositando seu trabalho com as crianças do município. Falou que achava que não seria algo que fosse prejudicar os cofres da administração, algo que seria trabalhado em cima disso e acreditava que iria valorizar esta classe que tanto precisavam no município que era os professores até mesmo com a questão do turno integral. Salientou que estavam precisando de mais professores no município, que estavam com a maioria que tinha concurso de 20 horas de convocação no município só não estavam recebendo o vale de forma integral. Pediu encarecidamente ao Prefeito que trabalhe em cima disso, que visse esta necessidade deles serem valorizados e que pagassem a eles pelas 40 horas trabalhadas, eram 20 do concurso, mas estavam ganhando convocação e no seu ponto de vista era que estavam exercendo um bom trabalho para terem este merecimento de mais 20 horas trabalhando. Acrescentou que sendo assim, tivessem então a valorização de mais 20 horas de vale alimentação por que iriam estar 40 horas trabalhando pelo município e na sua maioria vão estar devolvendo este dinheiro ao nosso município também, pois faziam a sua alimentação aqui. Ressalvou que acreditava que o Prefeito iria olhar com bons olhos isso e teria logo uma resposta chegando nesta casa se preciso for através de um projeto. Sobre o pedido da Vereadora Camila foi algo que a Vereadora Jovem Brenda havia falado na sessão anterior e estava ficando mais que preciso isso, achava perigoso, pois havia pouca sinalização. Falou que na chegada era muito fechado, às vezes estava-se vindo aberto muito por um lado e o outro estava subindo também e era muito mal sinalizado. Mencionou que se talvez tivesse um redutor iria ajudar muito sem dúvidas nenhumas, tanto aqui quanto ali acima do Mercadinho LKD por que infelizmente ainda tinham pessoas que não sabiam que estavam dentro do perímetro urbano e que deveriam respeitar. Comentou que ela que tinha mania de dirigir certo, que devagar se iria chegar no mesmo lugar, às vezes mais fácil que quem anda muito rápido. Relatou que há uns dias chegando olhou não tinha ninguém, sinalizou para entrar e estacionar de baixo das árvores quando novamente olhou tinha um carro em cima dela, que estava acima da Popular quando olhou, então que se imaginasse a velocidade que desceu. Falou que estavam pensando nas crianças principalmente neste horário que estavam vindo para a escola a pé e muitas pessoas saindo ou indo para o serviço.  Ressalvou que ela respeitava e se não tiver outro meio, pois não estava adiantando para muitos respeitar a velocidade, portanto teria que ser desta forma que a Vereadora Camila pediu. Mencionou que esperava que o Prefeito também trabalhasse em cima disso por que vai ser principalmente para dar uma segurança aos pedestres do município e até mesmo evitar acidentes por que daí o pessoal vai aprender a respeitar um pouco mais. Relatou que estavam falando muito dos quebra-molas de lá, que eram muito altos, mas estavam colocando respeito e se não tivesse isso ali seria bem complicado. Falou que com asfalto novo o pessoal queria andar um pouco rápido e colocava a vida das pessoas em risco, então esperava que o Prefeito veja isso com bons olhos e faça acontecer este teu pedido de indicação. Ressalvou que a respeito do pedido do Vereador Valdir disse que tinha seu apoio também, que não tinha conhecimento, mas que achou muito legal, principalmente por que iria valorizar os produtores do município, eles teriam um incentivo sendo que teriam uma segurança que seria comprado com eles e então iriam poder produzir. Falou que talvez não seria um valor muito alto, mas era algo que iria ajudar a dar uma garantia para eles, que pelo menos fariam alguma venda para o funcionalismo público. Ressalvou que para eles que trabalhavam pelo centro ajudaria também, e também valorizaria o agricultor e a agricultura familiar do município, que estava diminuindo cada vez mais. Relatou que quando começou o concurso em Herveiras tinha três entregadores, atualmente havia só um e o outro era de Vale do Sol. Parabenizou o Vereador Valdir pelo seu pedido e acredita que o Prefeito também iria ver isso e veria o quão importante seria esta questão na valorização dos agricultores. Pediu subscrição à moção do Vereador Antonio Vieira, não conhecia o senhor que veio a falecer, mas em respeito à sua colega e amiga Camila que jogava com ela no campeonato em Herveiras. Ressalvou que sabia que para muitos o avô era como um pai e acreditava que deveria ter sido um sentimento muito triste para ela. Desejou força a ela e a todos os demais familiares. Disse ter muita curiosidade de aprender a jogar, que achava legal. Parabenizou a professora Elisete pela iniciativa e para a professora Elisangela. Ressaltou que brincava muito que no seu trabalho na creche tudo que ela visse seria algo a ser reutilizado, que quando questionado se poderia se algo poderia ser jogado fora a resposta era que seria usado, elas viam trabalho em tudo imagina nas mãos de uma professora de artes. Falou que tudo virava trabalho, uma forma de mostrar que dava para ser reutilizado, respeitar a natureza que estava pedindo socorro. Ressalvou que via pelas enchentes que estavam acontecendo, então para que colocar no lixo, entulhar mais ainda se poderia ser reaproveitado e fazer uma decoração bonita igual foi aproveitado na festa da família.  Agradeceu pelo espaço concedido. VII – REQUERIMENTO: não houve. VII - ORDEM DO DIA. O Presidente pôs em discussão o Projeto de Lei nº 053/E/23, Pedido de Indicação da Vereadora Ana Francieli Rodrigues dos Santos, Pedido de Indicação Vereadora Camila Maiara Bringmann, Pedido de Indicação do Vereador Valdir Palhano de Siqueira e Moção de Pesar do Vereador Antonio Gildasio Corte Vieira. Como não houve manifestação, foram colocados em votação e todos foram aprovados por unanimidade entre os Vereadores presentes. VIII - EXPLICAÇÕES PESSOAIS: Vereadora Ana Francieli Rodrigues dos Santos: Reiterou suas saudações. Agradeceu pelo apoio dos seus colegas vereadores pela aprovação do seu pedido de indicação e espera agora pela atitude do Prefeito Municipal. Relatou de outros pedidos seus que foram enviados há um bom tempo e já buscou informações do porquê não terem sido respondidos até agora, mas estavam trabalhando em cima deles. Ressalvou que esperava que esse fosse colocado em execução para que logo os profissionais da educação talvez já no próximo ano tivessem esta valorização com as convocações que tinham no município. Parabenizou o Presidente do CMD em nome de todos os times que estavam participando do campeonato municipal de futsal, por não realizar a rodada do campeonato por que não teria os profissionais da saúde disponíveis para trabalhar no ginásio. Mencionou que eles que estavam se mostrando muito importantes, foi uma ideia maravilhosa do Presidente e demais que trabalham com ele por que depois do acidente da Vera viram mais ainda a importância pela agilidade, competência deles e realmente não tinha como fazer sem eles estarem lá. Parabenizou o Mauro e a Érica, pais da Brenda, que tão lindamente representou Herveiras e o Rio Grande do Sul ficando Vice Miss Brasil Teen. Relatou que um dia numa conversa com a Brenda ela havia lhe dito que não se via nervosa e aí foi respondido que isso se dava por que era fruto dedicação dela. Acrescentou que quando há uma preparação para algo que se queria perdiam até o nervosismo por que se iria preparada com convicção e seriedade naquilo que estava fazendo. Mencionou que a Brenda estava muito feliz somente de participar e que iria ser uma experiência tão linda. Acrescentou que havia sido lindo para ela, para os herveirenses por terem uma representante tão brilhante, levando o nome de Herveiras tão longe e chegando ao segundo lugar para ela que estava começando agora, uma menina nova de 15 anos, teria um futuro brilhante. Deixou os parabéns a ela e principalmente para a família, que era o alicerce em tudo que faziam e sem o apoio do Mauro e principalmente da Érica ela não teria ido tão longe. Falou que ela estava indo por que os pais pegaram junto com ela e estavam ajudando ela a realizar este sonho que tanto desejou. Disse que tinha certeza de que era um dos primeiros títulos de muitos que ela iria trazer para ela e para o município que ela tão bem estava representando. Agradeceu aos servidores dizendo que eles já faziam um trabalho tão bonito na casa. Parabenizou a Fernanda e a Monica que decoraram a casa que já estava em clima natalino.  Disse que a servidora Fernanda fazia tão bem o serviço como assessora, mas também pôs a mão na massa para decorar a casa. Agradeceu pelo espaço e desejou com que Deus abençoasse a semana de todos. Vereador Antonio Gildasio Corte Vieira: Saudou o senhor Presidente em nome dele os demais colegas vereadores e vereadoras, Assessor Jurídico, servidores da casa, pessoas que lhes assistiam, novamente neste dia os professores da E.M.E.F. Mauricio Cardoso levando os seus projetos e mostrando para a comunidade para os pais de outros alunos os trabalhos desenvolvidos na escola, que ficava muito grato por isso. Falou sobre o seu pedido de moção de pesar para o seu vizinho e amigo de longa data, o João Merci, que veio a falecer na semana anterior sendo que tinham uma amizade muito grande com a família e nada mais justo que mostrar aqui o carinho e respeito que tinha juntamente com os colegas vereadores. Deixou aberta a subscrição a todos eles. Relatou que da mesma forma que falou a colega Ana Francieli, parabenizou também a Leticia Santos que participou em Campo Grande, Mato Grosso do Sul neste concurso de beleza onde também trouxe uma faixa para o município. Ressalvou que ficava feliz por ter duas jovens representando o município e as duas serem premiadas pela beleza, carinho e a simpatia algo que o povo principalmente as mulheres do município tinham e da mesma forma também a Brenda Padilha. Falou da presença naquele dia do Presidente do CMD, pois logo após teria uma reunião sobre o campeonato de bocha, que foi muito cobrado pelo colega Arceno de Bastos e justo esta cobrança também. Ressalvou que ocorreu no último sábado a primeira rodada da semifinal do campeonato de futsal, foram partidas acirradas, algumas meio tumultuadas, mas isso era coisa do esporte e o importante era que a população gostava muito do esporte e principalmente do futsal. Salientou que com a perca de espaço do futebol de campo o futsal se tornou o principal esporte praticado pela população de Herveiras. Comentou que algo que lhe deixou triste e para a maioria dos praticantes de esporte foi a não venda de bebida alcoólica na rodada de sábado passado.  Disse que entendia e respeitava muito a Promotora pela atitude que ela tomou pelo embargo que fez sobre a proibição de bebida alcoólica no ginásio. Contradisse que quando ocorria um evento escolar era extremamente proibida a venda de bebidas alcoólicas em qualquer prédio público, mas neste caso era um campeonato de futsal municipal não era um evento escolar. Acrescentou que por isso defendia a venda de bebida alcoólica, nos campos de futebol normalmente se vendia. Colocou que a cancha era do Estado, mas atualmente quem praticamente fazia a manutenção e investia dinheiro no ginásio estadual era o município, que foi cerca de 42 mil reais no ano passado. Disse que foi feito a manutenção, a parte elétrica, reformada a parte da cancha. Relatou que tinham que ver isso com bons olhos quando era um evento escolar, que era extremamente contra a venda de bebida alcoólica por que seus filhos, netos, a juventude tinha que ser preservada, mas num evento municipal ele era extremamente contrário a atitude que foi tomada. Deixou suas palavras de repúdio a esta atitude que foi tomada. Agradeceu pelo espaço e desejou uma abençoada semana a todos. Vereadora Camila Maiara Bringmann: Saudou o senhor Presidente, em nome dele os demais colegas vereadores e vereadora Ana, o Assessor Jurídico, funcionários da casa, aos funcionários da EMEF Mauricio Cardoso, os professores, equipe diretiva, alunos, a Duda, ao Márcio, o Armindo, ao Luís, ao Gilberto e ao Lucas que se fizeram presentes, que fossem todos bem-vindos. Agradeceu os colegas vereadores por mais uma vez terem aprovado, algo que sempre estava falando e pediu ao Prefeito aquele dia que estava presente sobre redutores. Disse que o colega Valdir também pediu em frente à Loja Popular, a Câmara Jovem trouxe também o mesmo pedido, portanto era sinal, que estava sendo necessário ser feito aqui no município. Acrescentou que não estava sendo pedido só por eles, mas a população através da Câmara Jovem também havia trazido as mesmas situações. Disse que não lembrou das pinturas das faixas de pedestres, mas era algo muito importante e neste dia o Lucas que estava ali presente também tinha este trabalho de fiscal de transito estava ciente dos seus pedidos e se ele pudesse conversar com o Prefeito sobre estas melhorias. Disse que chamou a atenção sobre a parada do Lucas estes dias lá no asfalto. Salientou que achou muito perigoso naquela neblina, mal dava para vê-lo parado ali. Falou que o Prefeito poderia ver uma medida, um sinalizador com luzes, alguma coisa por que estava marcando chuva de novo quarta e quinta e com certeza teria neblina ali, era pela segurança dele também, não adiantava estar apenas prezando pela segurança do próximo e se vinha um carro ou uma carreta que às vezes sabiam carregados. Reafirmou que se preocupou muito com ele. Falou que neste dia quando lhe chamou a atenção quando estava tinha um caminhão parado bem ali carregando pedras e não dava para enxergar quem vinha do outro lado.  Mencionou que várias vezes tentou ir, a sorte era que a sua mãe estava com ela cuidou o lado do Pinhal pra ela e ela cuidou o lado que vinha no outro sentido por que não dava para ver. Falou que estavam fazendo um trabalho bem realizado e esperava que ficasse bonito, mas tinham que presar a segurança dos trabalhadores, sabia que estavam preservando a segurança dos condutores, mas estavam ariscado a vidas deles também. Parabenizou a escola mais uma vez pelos projetos bonitos, as professoras ali presentes. Ressaltou que ela também não sabia jogar xadrez, não tinha a mínima ideia. Lamentou por não terem no seu tempo, pois não tinha esse ensinamento. Comentou que no tempo que estava trabalhando na Secretaria da Educação, recentemente estava sendo incrementado isso, mas os trabalhos da professora Elisangela sempre acompanhou os desenhos artísticos, lindos maravilhosos. Parabenizou as duas professoras, a escola e aos alunos por tantos projetos maravilhosos e tinha certeza que tinha mais, mas não conseguiam saber de todos. Disse que iria convidar a colega Ana para irem um dia lá para aprender a jogar xadrez. Pediu subscrição na Moção de Pesar do colega Antonio pela morte do Wesenick, não acreditava quando leu que ele tinha 83 anos, achou uma idade bem avançada, que não aparentava isso e o colega Darci de Bastos havia perguntado se era mesmo 83. Deixou os sentimentos a família: a Salete, Sirlei e ao Sinésio, assim como os netos. Falou que todos tinham a sua hora, não sabiam quando seria o momento, mas ninguém queria perder um ente, desejou então muita força à família. Deixou os parabéns à Leticia e à Brenda. Mencionou que a Brenda havia trazido um título mais avantajado para Herveiras. Comentou sobre a fala da Vereadora Ana, que via ela estava muito preparada e convicta do que ela queria. Ressaltou que acompanhou o desfile, não aguentou a curiosidade e por isso assistiu ao desfile. Salientou que na hora que foi a decisão final chegou a sentir aquele frio na barriga por ela, por que ela estava a um passo de ficar em primeira colocada. Parabenizou ela e aos pais por estarem apoiando, sendo que se não tiver o apoio de casa não ia a lugar algum então a família em primeiro lugar. Agradeceu pelo espaço concedido. Valdir Palhano de Siqueira: Registrou e saudou a presença do Lucas, Presidente do CMD. Disse que estava presente por muita insistência e pedido do Vereador Arceno de Bastos para que pudessem ter um encontro com o pessoal das canchas de bocha.  Registrou também a presença do Gilberto, Márcio, e o Luis que eram jogadores de bocha. Agradeceu mais uma vez agradeceu a presença dos professores, a direção e alunos da EMEF Mauricio Cardoso que mais uma vez fizeram uma bela apresentação. Parabenizou em nome de todos os vereadores a brilhante Brenda que desfilou representando muito bem Herveiras em Mato Grosso. Reforçou as congratulações a ela, a família pela bela apresentação e por este título que trouxe para Herveiras mais uma vez colocando Herveiras no auge em nível de Brasil. Parabenizou a Leticia dos Santos que também estava lá representando muito bem a classe feminina do município de Herveiras. IX - ENCERRAMENTO: Não havendo mais nada a tratar o Presidente declarou encerrada a sessão e informou que a próxima reunião ocorreria no dia 27 de novembro de 2023, às 19 horas nas dependências da Câmara de Vereadores de Herveiras. Esta ata após aprovada deverá ser assinada pelos vereadores presentes na referida sessão.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook