Acessar Webmail  

NOTÍCIAS

ATA DA 40ª SESSÃO ORDINÁRIA DO PODER LEGISLATIVO DE HERVEIRAS

Publicado em 17/11/2022, Por Poder Legislativo de Herveiras

ATA DA 40ª REUNIÃO ORDINÁRIA, DA 2ª SESSÃO LEGISLATIVA, DA 7ª LEGISLATURA DO PODER LEGISLATIVO DE HERVEIRAS, ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, REALIZADA DIA 07 DE NOVEMBRO DE 2022 NO PAVILHÃO DA COMUNIDADE DIVINO ESPÍRITO SANTO, LINHA PINHAL, INTERIOR DE HERVEIRAS (1ª SESSÃO ORDINÁRIA NO INTERIOR DE 2022). SAUDAÇÃO INICIAL: O Senhor Presidente, Vereador Antonio Gildasio Corte Vieira cumprimentou os vereadores e Vereadoras, assessores do Legislativo, Dione do Jornal Serrano, representantes da diretoria da comunidade Valdivino e Leandro. Agradeceu a eles pela cedência do espaço para a realização da 1ª Sessão Ordinária no Interior, isso depois de 25 anos do município de Herveiras. Ressalvou a importância da participação da comunidade do interior para a realização destas reuniões. Cumprimentou as demais pessoas presentes. I - VERIFICAÇÃO DO QUÓRUM: Registrou a presença dos seguintes vereadores:  Ana Francieli Rodrigues dos Santos, Antonio Gildasio Corte Vieira, Antonio Miguel Nunes de Moraes, Arceno de Bastos, Camila Maiara Bringmann, Darci de Bastos, João Alcemiro Claas, Paulo Roberto da Costa e Valdir Palhano de Siqueira. II - VOTAÇÃO DA ATA: O Senhor Presidente colocou em discussão a ata da 39ª reunião ordinária, realizada no dia 31 de outubro de 2022. Como não houve discussão, foi posta em votação e aprovada por unanimidade. III – EXPEDIENTES: 1 - Ofício nº 042/E/2022 de autoria do Poder do Executivo. Assunto: Retirada de Projeto de Lei e Envio de Lei nº 041/E/22 e nº 042/E/22. 2 - Ofício Interno 30/L/2022 de autoria da Vereadora Ana Francieli Rodrigues dos Santos. Assunto: Encaminhamento de Pedido de Indicação. IV - ESPAÇO DA PAUTA: 1 - PROJETO DE LEI  039/E/2022 de autoria do Poder do Executivo. Assunto: Altera o CAPUT do art. 30 da Lei Municipal nº 1.332/2021, de 15 de outubro de 2021. Tramitação: 2ª Reunião. 2 – PROJETO DE LEI  040/E/2022 de autoria do Poder do Executivo. Assunto: Autoriza o Executivo Municipal a contratar obra e serviços com a RGE Sul Distribuidora de energia S/A e dá outras providências. Tramitação: 2ª Reunião. 3 - PROJETO DE LEI 041/E/22 de autoria do Poder Executivo. Assunto: Autoriza o Poder Executivo a firmar termo aditivo com Escola Família Agrícola de Vale do Sol – AEFASOL e dá outras providências. Tramitação: 1ª Reunião. 4 - PROJETO DE LEI 042/E/22 de autoria do Poder Executivo. Assunto: Altera a Redação do Artigo 12, da Lei Municipal nº 667, de 26 de março de 2009, que cria e disciplina o Sistema Municipal de Educação no Município de Herveiras e dá outras providências. Tramitação: 1ª Reunião. 5 - PEDIDO DE INDICAÇÃO de autoria da Vereadora Ana Francieli Rodrigues dos Santos. Assunto: Requer que seja estudado a possibilidade de construir um toldo junto a E.M.E.F. Maurício Cardoso. Tramitação: 1ª Reunião. V - DISCUSSÃO DA PAUTA: Ana Francieli Rodrigues dos Santos: Saudou o Presidente, colegas vereadores, colega Vereadora Camila, Assessor Jurídico, assessores da casa, representante do Jornal Serrano Dione, população que se fez presente, de forma especial o Secretário da agricultura o Douglas, a Luana representando o Sindicato e aos da diretoria da comunidade que cederam o espaço. Pediu o apoio dos seus colegas vereadores, sendo que acreditava que era de grande valia o seu pedido de indicação, algo que eu já vinha há algum tempo falando com as professoras e o pessoal da direção da Escola da Mauricio. Falou que já tinha levado este pedido e comentado inclusive com a Deputada Kelli Moraes, tendo em vista que ela passou não era um valor tão alto e não teria necessidade através de uma emenda do estado, e poderia ser feito pelo município. Acrescentou que atualmente era algo muito importante para a escola da Mauricio, eis que estava abrangendo a maior população de alunos, tendo em vista que vinham de todas as localidades, era onde os alunos com necessidades especiais estavam estudando também, cadeirantes. Comentou que via muito nas escolas de Vale do sol aonde as crianças desciam do ônibus e já estavam dentro de coberturas não estando expostas à chuva, ao sol quente. Disse que havia entrado em contato com a Valeria e a Juliara e lhe passaram a quantidade de alunos. Falou que acredita que este pedido de indicação seria bem avaliado pela administração, sendo que era de interesse também da prefeitura e da secretaria da educação de fazer esse trabalho para bem atender as crianças desta escola pela quantidade de alunos que tinha, que era uma quantidade grande, então não seria só para a comunidade do Pinhal, mas para todo o município. Agradeceu de forma antecipada se fosse atendida pela administração, entendia que teria tramites legais antes de ser feito, mas esperava que fosse atendida sendo que era algo que era de interesse público e da comunidade do Pinhal, e de todas as comunidades que tinham alunos da Mauricio Cardoso. Agradeceu e encerrou sua manifestação. VI – REQUERIMENTO: Vereador Valdir Palhano de Siqueira, na condição de Líder de Governo, solicitou que fosse incluído na Ordem do Dia o Projeto de Lei 039/E/22 e 040/E/22 ao Projeto de Lei 036/E/22. O Presidente pôs a solicitação em discussão, como não houve manifestação foi colocada em votação e aprovada por unanimidade a inclusão destes projetos na ordem do dia. VII - ORDEM DO DIA: O Presidente pôs os projetos de LEI 039/E/22, 040/E/22 como também o pedido de indicação de autoria da Vereadora Ana Francieli em disso em discussão, como não houve manifestação foram colocados em votação e aprovados por unanimidade. VIII - EXPLICAÇÕES PESSOAIS: Camila Maiara Bringmann: Saudou o Presidente, colegas vereadores, colega Vereadora Ana, Assessor Jurídico, representante do Jornal Serrano, servidores da casa que estavam presentes, em especial a comunidade do Pinhal. Cumprimentou a Luana que também trabalhou com eles durante um mês aonde havia assumido como suplente, a Luana do Sindicato também se faz presente ao Secretário Douglas, que todos fossem bem-vindos. Sobre o projeto de indicação da Vereadora Ana, disse que era muito bem válido, pois sabia das necessidades das escolas e iria abranger os alunos da nossa comunidade inteira. Ressalvou que iria apoiar ela mais uma vez, esperava que a administração municipal lhe desse um retorno positivo, assim como as películas do posto da saúde que ela havia solicitado, pois a população merecia ter essas películas por que no verão seria puxado estar esperando pelo atendimento com problemas de saúde e ainda estar passando calor excessivo. Aproveitou que o Secretário Douglas estava na reunião e parabenizou-o pelo seu trabalho. Relatou que vinha acompanhando diariamente e final de semana ela o viu juntamente com alguns servidores reunidos para ajudar o Carlos Bueno nessa situação muito delicada dele. Comentou que estava escutando só elogios da parte dele, viu esses dias que ele havia colocado nas redes sociais que tinham algumas críticas, mas isso é relevante, que tinha que ver o lado positivo que estava fazendo, mas tinham coisas que não se se iria alcançar. Relatou que era difícil porque não dependia só dele, mas também de dinheiro, dos funcionários quererem colaborar, dependia do bom censo de cada um. Solicitou ao Secretário de obras para que fosse feito um reparo depois do Paulo Grassel, local que dava acesso a Lidiane, que a situação ali não estava boa, que até queria ter ido lá dar uma olhadinha, mas não conseguiu, pois estava em reunião na Prefeitura. Agradeceu também a presença da diretoria da comunidade e aproveitou para convidar os demais colegas, sendo que no dia 19 de novembro, teria um baile ali com Tchê Vanera e Máquina Total, com início às 21:00 horas e o ingresso no valor de R$20,00. Agradeceu em nome do PTG Presilha Crioula às pessoas que se fizeram presentes na noite do sábado anterior na janta que realizaram lá. Parabenizou a EMEI e a escola General Osório e a Emílio pelas lindas apresentações das crianças, que estava de encantar, os grandes eram bonitos de ver, mas os pequenos chegavam a emocionar. Falou que quando seus dois sobrinhos estavam dançando, chegou a encher o olho de água. Parabenizou as escolas que estavam motivando as crianças nessa tradição que era difícil de se ver, as crianças se motivarem na tradição gaúcha, uma das mais belas no seu ponto de vista. Agradeceu e encerrou sua manifestação. Vereador João Alcemiro Class: Saudou o Presidente, colegas vereadores, Vereadoras, Assessor Jurídico, funcionários da casa, representante do Jornal Serrano, em especial saudou a diretoria da comunidade local o Valdivino, o Leandro, em nome deles saudou as demais pessoas presentes. Comentou que era uma novidade para os vereadores, sair do centro e ir para as comunidades. Parabenizou o Presidente pela iniciativa e como ele já falou, naquela noite aquele local se tornava a casa do povo. Disse aos presentes que as portas da Câmara de Vereadores sempre estava aberta a comunidade, a quem precisasse de alguma coisa que estivesse ao alcance deles para fazer. Comentou que não falou antes em relação dos projetos, mas lhe preocupava um pouco o projeto do repasse da Escola Família Agrícola de Vale do Sol, não porque teve seu filho lá que se formou, tinham vários alunos do município estudando lá. Ressalvou que tinham que entender que as coisas vinham subindo a cada ano que passava então era de suma importância que eles aumentassem esse valor, foi um acerto que era para desde do início do ano, não por culpa dos vereadores e que desde do início do ano foi comentado sobre isso, e agora o projeto havia voltado de outra forma e iriam analisar. Falou que tinham o Assessor Jurídico Moisés sendo que tinha certeza que ele iria lhes apoiar no projeto e ver o que conseguiriam fazer para poder repassar esse valor o mais rápido possível e da maneira correta que não causasse prejuízo para ninguém. Comentou que outro projeto importante também que foi votado naquela noite era o projeto 040, que tratava sobre o contrato com a RGE, de uma mudança de poste no acesso do município. Ressalvou que cada Prefeito que passou por Herveiras sempre tentou fazer o melhor para a população. Ressaltou que o Prefeito Nazário tinha um sonho desde o outro mandato que era de construir o pórtico na entrada da cidade e agora precisavam mudar essas redes de luz, esses postes para poder concluir a obra. Comentou que acreditava que até para próximo ano estivesse pronto, embelezando a chegada da cidade de Herveiras cada vez mais. Falou sobre a busca incansável do Prefeito Nazário de buscar recursos em Brasília, buscar dinheiro para investir no município, sempre pensando no bem dos agricultores. Falou que iria sair na próxima madrugada juntamente com o Prefeito por volta das duas horas, sendo que foi convidado pelo Prefeito e iriam a Brasília representando a comunidade de Herveiras. Agradeceu a cada eleitor que lhe ajudou a chegar até essa casa, porque para ele, filho de agricultor, uma pessoa pequena no município e chegar lá em Brasília e representando a comunidade seria um motivo de muito orgulho para ele e tinha certeza de que iriam voltar com boas notícias de lá, trazendo mais emendas para ao município que iriam beneficiar todas as pessoas. Disse que ele e o Vereador Darci fariam na próxima semana um pedido para que fosse colocado uma lixeira grande, um depósito de lixo, próximo à entrada do colégio da Mauricio. Acrescentou que as pessoas que vinham da Linha da Barra poderiam deixam ali para o caminhão pegar. Falou que tinha que agradecer as pessoas que faziam pensando no meio ambiente, em fazer a coisa correta, mas deixando ali na beirada da estrada sem nenhuma segurança, ia lá cachorro e virava, indo praticamente dentro da horta que estavam construindo no colégio. Comentou que na próxima semana faria um documento para formalizar o pedido em parceria com o vereador Darci de Bastos para que fosse colocado uma lixeira ali evitando, também outros transtornos. Em relação ao lixo, o projeto polêmico, falou que estavam conversando há pouco na Prefeitura com o Engenheiro Rodrigo e outro responsável pela área. Mencionou que a Administração estava batalhando desde o início do ano para baixar o valor que atualmente estava em R$ 19.000,00 e já haviam já acertado a diminuição para R$ 11.000,00 com uma empresa de Barros Cassal e esse valor ia ser diminuído na conta que cada agricultor, comerciante pagaria, daria quase uns 80% mais barato. Disse que infelizmente no decorrer de meados do ano outra empresa de Santa Cruz atestou contra, e questionou que o município estava direcionando a coleta de lixo para a empresa de Barros Cassal, que fazia atualmente o recolhimento. Esta empresa de Santa Cruz alega que estava tendo um direcionamento para que a outra empresa ganhasse a licitação e infelizmente foi mudado toda a documentação, seria feito nova licitação e o valor aumentou para R$ 15.200,00 mensal, mesmo assim daria uma diferença de 25% para cada pessoa pegar. Deixou bem claro que esse ano seria cobrado o mesmo valor do ano passado, não por culpa da administração, nem por culpa deles, mas sim por brigas entre empresas que uma estava se sentindo lesada e entrou na justiça e ganhou, então não vai ser feito isso agora. Agradeceu mais uma vez a diretoria da comunidade por ceder o espaço para a realização desta sessão como também agradeceu a presença das pessoas que ali estavam. Encerrou sua explanação desejando uma abençoada semana a todos. Vereador Valdir Palhano de Siqueira: Saudou o Presidente, colegas vereadores, Vereadoras, Assessor Jurídico, servidores da casa, representante do Jornal Serrano Dione, Secretário Douglas que estava representando o Executivo Municipal, Luana representando o Sindicato dos Trabalhadores Municipais, também a Luana que esteve com eles na Câmara, Presidente da Comunidade Valdivino e demais pessoas presentes. Comentou que na semana passada aprovaram o projeto com a RGE que previa melhoria da instalação da rede trifásica da Linha Marcondes, e neste dia aprovaram esse projeto que era de extrema importância para o embelezamento da entrada da cidade de Herveiras. Falou se direcionando a Vereadora Ana que o pedido dela teria todo o apoio de cada vereador desta casa, porque era um pedido de extrema importância. Ressalvou que a escola Mauricio representava muito para o município pela quantidade de alunos que ali estudam, porque era um colégio de referência do município, por isso esse pedido era importante.  Ressaltou que tinham que fazer muito mais, porque todos os dias de manhã, quando ele vem da Linha Fernandes com o ônibus lotados com alunos sendo que via uma grande dificuldade dos alunos apeando e tendo aquela distância para percorrer até na entrada do colégio. Acrescentou que se em tempo bom era ruim, que imaginassem como seria nos dias de chuva ainda mais que tinha alunos com deficiência, com cadeira de roda. Comentou que achava que o município, a partir do pedido dela e demais vereadores também, e a partir desta data deveriam começar a pensar que a escola Mauricio Cardoso tinha que ser olhada de maneira diferente. Acrescentou deveriam ser maneiras que pudessem dar aquele atendimento que os alunos mereciam e que a comunidade também desejava ver os seus alunos e seus filhos sendo bem recebidos nessa escola que é de referência. Falou que deveria haver um estudo que o ônibus pudesse chegar mais próximo da escola e tinha como, já havia falado com o Secretário, que olhassem isso ali. Ressalvou que deveriam insistir para que no próximo essas melhorias aconteçam, porque não era possível que um aluno chegar com cadeira de roda ou com guarda chuva ou na chuva e sair correndo arriscando ser atropelado. Aproveitou a presença do Secretário Douglas, e disse que estava demonstrando um bom trabalho com sua equipe, isso era bom para o município, para a Secretaria, e para a comunidade. Disse que tiveram em 2022 até o momento aonde uma retroescavadeira hidráulica trabalhou em torno de 700 horas, isso quando o tempo permitiu ela trabalhar, trator de esteira foi contratado para 500 horas. Falou que nesta data ouviu comentários que isso deu um alívio no município para aquelas pessoas que precisavam fazer uma limpeza nas suas lavouras. Falou que a retroescavadeira trabalhou em torno de 950 horas, o trator agrícola em torno de 850 horas, total de horas trabalhadas sendo uma estimativa que poderia passar 3000 horas trabalhadas até o momento. Acrescentou que dava para se dizer que foi uma grande trabalho numa secretaria de agricultura, porque cada um pode ver o quanto essas máquinas têm trabalhado e a diferença que estava dando nas lavouras, a atenção especial principalmente nas lavouras de soja e tantas outras limpezas, estradas e tantas melhorias. Comentou que dentro dos serviços realizados estão:  limpeza e destocas de lavouras, limpeza e conservação de estradas das lavouras, aonde chega a época da colheita de milho a máquina vai lá fazer a colheita, limpeza e construções de açudes, poços e tantos outros, serviço de discagem com o arrastão. Ressalvou que tinha também o auxilio da EMATER na construção e limpezas das cacimbas, sendo que isso era o mais importante na época da estiagem era a recuperação de aguadas. Falou que quem não teve ainda uma aguada, uma vertente trabalhada recuperada que peçam ao Secretário, à Secretaria, na EMATER, que lá tinham pessoas especializadas em recuperar uma nascente aonde a estiagem estava prevista e voltaria com foça de novo. Acrescentou que isso preocupava qualquer administração, o agricultor, o Secretário, por isso era importante a preservação da água. Falou também que tinham aqueles implementos que eram emprestados para os agricultores, que os pegava para trabalhar e depois devolvia. Lembrou que neste ano foram feitas várias aquisições entre implementos e máquinas novas para auxiliar a Secretaria da Agricultura. Citou que foi adquirido uma grade niveladora que era o arrastão, distribuidor de fertilizante, distribuidor de fertilizantes sólidos e líquidos, os três implementos custaram cerca de R$ 120 mil, foi adquirido também uma retroescavadeira nova essa foi com emenda parlamentar no valor de R$ 490 mil, também foi adquirido uma escavadeira nova com recursos próprios no valor de R$ 790 mil no qual tinham que agradecer a administração, o Prefeito pela economia que fazia do dia. Parabenizou o Secretário e a Administração por estas aquisições. Sobre esporte, destacou que participou no último final de semana de uma partida de bocha que me chamou muita atenção, levaram 5h30min mais ou menos para terminar uma partida. Disse que foi uma disputa ponto a ponto, isso foi olha uma partida que chamou atenção de todos que estavam lá, então por isso era importante a participação, a disciplina, aonde havia torcida, disputa, mas tudo com muito respeito. Comentou que o campeonato de bocha foi feito para que houvesse a integração entre as pessoas que gostavam deste esporte. Destacou também que na data anterior havia começado o campeonato municipal de futebol, e lhe surpreendeu a quantidade de público que se fez presente, sendo que tinha mais gente lá do que na partida do campeonato regional. Falou que o Vereador Daio estava disputando, jogou quase 90 minutos, que havia jogado muito, que era importante a participação das pessoas, com a presença dele e sua equipe lá, então estavam de parabéns. Falou que houve uma grande disputa, com muita disciplina e isso era muito importante. Relatou o quão era importante o esporte no município, e essa parceria que o município estava tendo com o SEC de Herveiras, por isso teriam no dia 15 de novembro no feriado a inauguração da sede nova de SEC Herveiras. Contou também que esta parceria entre o município e esta entidade fazia com que tivesse um projeto que atendia em torno de 70 alunos praticando esporte, sendo que era totalmente gratuito aos participantes. Agradeceu e encerrou sua manifestação. Vereadora Ana Francieli Rodrigues dos Santos: Reiterou suas saudações. agradeceu ao apoio dos seus colegas vereadores pela aprovação do meu pedido de indicação. Agradeceu também às palavras da Vereadora Camila, do Vereador Valdir que via e tinha noção da importância que se fazia esse pedido. Falou que sempre diz que o município costumava se espelhar em muitas coisas, sendo que deveriam se espelhar nas escolas de Vale do Sol que era um município que sempre admirou pelo capricho e pela importância que dava para as escolas. Citou a escola da Willibaldo onde ela estudava, que era no interior e tinha o toldo que dava acesso desde do portão de entrada até o saguão que acolhia os alunos. Ressalvou que que achava que se era importante para uma escola lá do interior de Vale do Sol, que imaginassem para a escola de Herveiras que estava atendendo e acolhendo alunos com deficiência, cadeirantes. Disse que achava importante, concordava com o Vereador Valdir talvez poderia o ônibus também ter uma proximidade maior da escola. Comentou que não se fazia de tanta dificuldade ter essa construção da cobertura que daria acesso aos alunos do portão da escola até o pátio da escola até dentro da sala de aula. Mencionou que acreditava que seria estudado, acreditava que a administração daria uma atenção. Disse que iria cobrar assim como fez com a questão das películas que havia pedido para o posto de saúde que foi lá em março e no mês anterior havia cobrado e ainda não tinha recebido um retorno. Comentou que sabia da importância, que por muitas vezes os pacientes tinham que chegar lá 5 horas da manhã e tinham que aguardar até as 10 horas para serem atendidos, para ter o acolhimento dentro do posto de saúde, pois quando o número de pessoas era muito grande o pessoal da recepção pedia para ficarem no lado de fora. Falou que havia ficado muito feliz por que recebeu o retorno da Secretária de Saúde, que já foi empenhado e nos primeiros dias seriam colocadas as películas. Disse que as pessoas teriam um acolhimento melhor na parte de vidro aonde não teria sol pegando diretamente nas pessoas, ressalvou que achava isso de grande valia, porque ninguém ia procurar um posto de saúde se não já estava doente, então pelo menos teriam um bom acolhimento enquanto estavam lá esperando. Falou que já havia comentado para o Assessor Jurídico e a princípio iria fazer um pedido de indicação para que tivesse wi-fi liberado para o pessoal que estava no posto de saúde esperando, sendo que atualmente dificilmente as pessoas usavam telefone através de ligação para avisar um familiar, a maioria usava rede sociais, sendo que achava importante esta liberação de internet no posto de saúde. Acrescentou que acreditava que não seria de grande dificuldade também ser feito pela administração, pois isso já era realidade em muitos lugares que ia. Ressalvou que tinha na praça do centra, mas não chegava o sinal lá dentro do posto saúde. Parabenizou aos envolvidos do CMD e como era uma grande defensora do futebol feminino convidou a população para assistir o futebol feminino que teria no próximo dia 15. Ressaltou que tinham que defender o futebol feminino sendo que era bonito de ver. Comentou também que era bonito de ver a juventude nos dias atuais, gurizada de 15 e 14 anos jogando, correndo no campo. Acrescentou que achava que era importante isso, pois quando a mente estava ocupada com esporte, deixava de fazer muita coisa errada como acontecia nas cidades grandes. Agradeceu ao Presidente pelo espaço e desejou que Deus abençoasse a semana de todos. Vereador Antonio Miguel Nunes de Moraes: Saudou o Presidente, vereadores, Vereadoras, Assessor Jurídico, servidores da casa, compadre do Jornal Serrano, Carlos, ex-colega Luana, Secretário da Agricultura Douglas, como também os demais presentes. Sobre indicação da Vereadora Ana, disse que era de boa valia e poderia contar com o seu apoio e dos demais também. Em relação à viagem que o colega Vereador João faria juntamente com o Prefeito até Brasília, disse que era uma coisa boa para arrecadar recurso. Falou que atualmente o município tinha dinheiro sim, mas não o suficiente para a demanda que precisava. Sobre emendas, disse que falou neste dia sobre uma emenda que veio do Giovani Feltes. Acrescentou que foi procurado pelo Deputado e ele destinou ao município através do MDB e dele, o valor de R$ 100 mil. Disse que conversou com o Prefeito e a Secretária da Saúde e com este valor foi comprado um carro para a Secretaria da Saúde, sendo que era algo mais necessário para o município naquele momento. Também aproveitando o momento disse que o Alceu Moreira estava empenhando uma verba de R$ 110 mil. Falou que o Douglas era o porta voz, sendo que foram ver o que mais necessitava na época, e tinham já comprado o arrastão hidráulico, espalhador de esterco liquido, mais outro que era granulado e de momento precisaria uma colheitadeira de milho. Comentou que fizeram uma parceria entre o município e os vereadores e foi decidido comprar uma colheitadeira. Disse que o Carlos Bueno que estava presente pediu para agradecer o Secretário Douglas, sendo que ele sempre estava disposto a ajudar. Acrescentou que ele mesmo, o Vereador Darci e também o Paulinho já estavam sempre dispostos a ajudar também até com trabalho braçal. Agradeceu e encerrou sua manifestação. Vereador Arceno de Bastos: Saudou o Presidente, vereadores, Vereadoras, Assessor Jurídico, servidores da casa, Jornal Serrano, o Secretário Douglas, seu filho, sua nora, sua esposa, demais presentes. Parabenizou a colega Vereadora Ana por esse projeto que ela estava fazendo, pois falou em educação mexia com toda a população. Disse aos moradores da Linha da Barra presentes, que já foi debatido tanto para fazerem uma ponte naquela sanga, que vai para lá do Paulo Francisco. Mencionou que havia sido feito uns projetos no mandato passado, de outros mandatos e não conseguiram fazer, tinha projeto de fazer uma ponte e não conseguiram. Ressaltou que conversou com o Prefeito Nazário  e iriam colocar uns bueiros lá para facilitar, porque aquilo lá era uma sanguinha bem forte. Acrescentou que de acordo com o prefeito, assim que tiverem uma escavadeira hidráulica disponível, sendo que estavam ocupadas nos destocamentos de lavouras de soja, fariam o serviço lá. Mencionou que este tipo de serviço já foi realizado lá nos Moraes sendo que ficou muito bom. Agradeceu pelo espaço e finalizou sua manifestação. Vereador Antonio Gildásio Corte Vieira: Reiterou as saudações. Mencionou que o Carlos Bueno pediu para agradecer a administração pelo trabalho que fizeram lá onde houve aquele sinistro, na localidade do Alto Marcondes, na pessoa do Secretário Douglas vinha o agradecimento do Carlos agricultor e batalhador aqui do Pinhal assim como muitos. Sobre a evolução geral no município, disse que há 25 anos não tinham uma prefeitura, não tinha uma Secretaria da Agricultura, muitos não tinham trator e nem se sabia quem era que naquela época tinha. Pediu ao Secretário de Agricultura que fosse feito um levantamento de maquinário agrícola que tinha lá no início do município, ver quanto o município produziu em 1996 e 1997 e comparar com o que é produzido atualmente em segmentos como fumo, milho, soja, gado. Comentou isso, pois a maioria do pessoal reclamava que as coisa não estavam boas, e sempre se buscava o melhor para si mesmo, para os filhos, os netos. Disse que sempre gostava de pensar a evolução nunca vai parar e não poderia parar, porque sempre buscava-se algo melhor. Citou como exemplo que nos anos de 1996 e 1997 tinha muita situação na saúde que eles iriam morrer por problemas de saúde sem ter um socorro. Ressalvou que atualmente tinham graças a Deus uma Secretaria de Saúde, um posto muito bem equipado e quando ali não se resolvia tinham carros, veículos próprios para isso, fazer um socorro, levar para um hospital mais próximo ou no hospital de referência, tudo isso era evolução. Disse que esperava daqui a 20, 30 anos queria estar aqui ainda para ver em que ponto o nosso município iria chegar, porque não poderiam parar. Questionou se eles imaginariam ter nos anos de 1996 e 1997 cerca de 800 horas de trator trabalhados para os agricultores? Respondeu que jamais teriam e isso era evolução. Falou que todos os Prefeitos que passaram pelo nosso município: o Coraldino, o Paulo Grassel, o Nazário, sempre buscaram atender de melhor forma a população, o agricultor, o comerciante independente do segmento. Sobre a SEC de Herveiras agradeceu o convite feito aqui pelo Jânio, Presidente do clube, sendo que se tinha uma parceria muito grande com o município e com a população de Herveiras, também com as crianças. Disse que na data anterior ele falou lá na abertura do campeonato municipal de futebol 11, que o SEC atendia 70 crianças toda semana gratuitamente, então isso vinha daquela parte da evolução. Ressalvou que se não havia investimento da administração pública, não havia retorno para a população. Falou que com este investimento da administração pública se criava uma criança sadia ao invés de ela estar na rua, ela tinha uma ocupação, teria disciplina e era o precisavam atualmente.  Falou que o Vereador Valdir havia comentado sobre ter jogado quase 90 minutos na data anterior, sendo que o fez com muito esforço físico. Disse que estava afastado um pouco do futebol e não tinha mais praticado futebol 11, mas iria jogar este campeonato, sendo que achava que seria o último que participaria, porque estava jogando junto com seu filho, isso lhe deixava emocionado e muito feliz ao mesmo tempo. Agradeceu e encerrou sua manifestação. Não havendo mais nada a tratar, informou que a próxima reunião ordinária ocorreria no dia 16 de novembro de 2022, às 19 horas, nas dependências do ginásio da E.M.E.F General Osório, Linha Herval São João. Declarou encerrada a reunião.





Imprimir Notícia - Compartilhar no Facebook